CTUR lembra protestos anti-Apartheid


O Dia Internacional da Luta Contra a Discriminação Racial foi criado pela ONU - Organização das Nações Unidas - em memória ao Massacre de Sharpeville, cidade na África do Sul onde, em 1960, ocorreu um protesto anti-Apartheid, que era contra a "Lei do Passe", que obrigava os cidadãos negros a andarem com uma caderneta indicando para onde poderiam ir. Na ocasião, o protesto foi combatido pelas forças do Estado sul-africano deixando 69 mortos e 186 feridos.


Ainda hoje, a discriminação racial é um problema global que afeta diversas populações racializadas. Para honrar o dia de hoje e as pessoas que lutaram bravamente por igualdade, é importante que nos conscientizemos e nos informemos, observando nossas ações e corrigindo-as quando necessário.


O CTUR faz parte dessa luta, entendendo que as diferenças precisam ser respeitadas.

8 visualizações0 comentário