top of page

Criatividade e tecnologias: sem limites e sem barreiras

Projeto de extensão do CTISM, ofertou capacitação na área de tecnologia para pessoas com deficiência


O curso teve 160 horas de duração e foi iniciado em junho de 2022. As aulas ocorreram nas dependências do Colégio Técnico Industrial de Santa Maria. Os conteúdos abordados no curso estão relacionados à programação, robótica, eletrônica básica, microcontroladores, sensores e atuadores, comunicação sem fio, desenvolvimento de aplicativos para dispositivos móveis, controle de dispositivos por comando de voz, internet das coisas e desenvolvimento de projetos aplicados.


Todas as atividades foram realizadas no laboratório de Eletrônica Básica do CTISM. O curso, que teve uma abordagem bastante prática, finalizou com o desenvolvimento de projetos que buscavam sanar alguma dificuldade do dia a dia dos estudantes.


Um dos estudantes desenvolveu um sistema e um aplicativo para smartphone que permite controlar a televisão por comando de voz. Outro estudante implementou um equipamento para a prática de exercícios físicos, o qual possui um sistema automatizado, controlado por um aplicativo no celular, que auxilia as pessoas que utilizam cadeiras de rodas a fazer exercícios com barras.


Através deste projeto, foi possível apresentar novos desafios e oportunidades aos alunos, mostrando que a criatividade não possui limitações. Um dos estudantes relata sua percepção sobre o curso, como a capacidade de projetar e desenvolver dispositivos automatizados, da experiência positiva em apresentar trabalhos na feira de ciências, tecnologia e cultura do CTISM, das oportunidades que o CTISM oferece, além da sua expectativa em seguir estudando na área.


As aulas foram ministradas pelos docentes do CTISM:

  • Douglas Camponogara,

  • Mateus Felzke Schonardie,

  • Fabio Teixeira Franciscato,

  • Luciano Caldeira Vilanova,

  • Rafael Adaime Pinto,

  • Saul Azzolin Bonaldo e

  • Tiago Antônio Rizzetti.

O projeto também contou com a participação dos servidores Deivis Jhones Garlet, Diego Russowsky Marçal, Fredi Zancan Ferrigolo e Maikel Guerra Bathaglini e da Educadora Especial, Profª. Marciele Vieira Dorneles, do Instituto Federal Farroupilha, Campus São Vicente.


Para a instituição, o projeto reforça sua missão de promover a educação profissional desenvolvendo conhecimento humano e tecnológico, bem como o compromisso com a acessibilidade e, consequentemente, a responsabilidade com relação às práticas de inclusão.


6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Conheça os projetos da EAgro

PROJETOS DE EXTENSÃO Ciências Agrárias Saúde e Segurança Alimentar (2021-2023) Orientação: Daniela Cavalcante dos Santos Campos Hortas como promoção de segurança alimentar e educação ambiental em Esco

Comments


bottom of page