Agricultura em larga escala e com sustentabilidade

Professora do CODAI publica capítulo de livro internacional sobre produção de mudas sadias de cana-de-açúcar


A agricultura moderna é pautada no aumento de produtividade de alimentos, com resultados satisfatórios de forma verticalizada, com maiores colheitas em menores espaços agrícolas, de forma cada vez mais sustentável. Com o crescimento da população mundial, essa é uma discussão muito importante, pois necessita acontecer de forma responsável ambientalmente e embasada por técnicas científicas.


O vigor e sanidade das sementes exploradas na agricultura são essenciais para o sucesso de qualquer produtor agrícola no mundo. Pensando nessa realidade, avanços relacionados com a qualidade da semente, manejos integrados de pragas, de doenças, programas que adotem quarentenas mais rígidas; tratamento de sementes nas culturas exploradas, em diferentes sistemas de produção e ambientes, aliados aos cuidados ambientais, são fatores essenciais para o sucesso da agricultura mundial. As questões climáticas também vão interferir diretamente nos cultivos agrícolas.


Sobre estas questões, pesquisadores de diversos países escreveram o livro intitulado Advances in Seed Production and Management (Avanços na produção e manejo de sementes), Editora Springer – Editor: Ajay Kumar Tiwari. A publicação tem por objetivo expor várias estratégias utilizadas nas diferentes realidades, podendo ser exploradas em distintas condições de clima e solo nos diversos cultivos.


Como o Brasil é o maior produtor de cana-de-açúcar do mundo, a professora do Colégio Agrícola Dom Agostinho Ikas da UFRPE Andréa Chaves Fiuza Porto, oriunda do Planalsucar/Estação Experimental de Cana-de-açúcar de Carpina da UFRPE, reuniu uma equipe constituída por pesquisadores e professores da UFRPE. A iniciativa teve por objetivo dialogar sobre tecnologias utilizadas na produção de mudas sadias de cana-de-açúcar no Nordeste do Brasil e sua distribuição nos canaviais.


O artigo Production of Healthy Cane Seedlings in Northeast Brazil (Produção de mudas sadias de cana-de-açúcar no Nordeste do Brasil) foi escrito pela docente Andréa Chaves Fiuza Porto com outros doutores da área. O estudo discute a respeito de tecnologias diversificadas, tais como: formação de viveiros com mudas tratadas termicamente, categorias de viveiros, sistema de mudas pré-brotadas, Método Intercalar Rotacional Simultâneamente (MEIOSI), Sistema de Cantosi e Sistema de mudas pré-brotadas no campo. Com a adoção dessas práticas, os produtores de cana-de-açúcar do Nordeste têm alcançado ganhos significativos.


Sobre o livro

Título: Advances in Seed Production and Management

Editor: Ajay Kumar Tiwari

Editora: Springer

Artigo: Production of Healthy Cane Seedlings in Northeast Brazil

Autores do artigo: Andréa Chaves Fiuza Porto; Luiz José Oliveira; Elvira Pedrosa; Djalma Simões; Willams Oliveira; Lilian Guimarães.

Baixe o livro AQUI!


3 visualizações0 comentário