Escola Técnica de Artes (ETA) é uma instituição de ensino técnico profissionalizante vinculada à Universidade Federal de Alagoas (UFAL), situada em Maceió (AL). A nossa história começa em 1990 com a elaboração, apresentação e autorização para implantação do Projeto Pedagógico de Curso Técnico Profissionalizante de Formação do Ator, como forma de preencher uma lacuna deixada pela suspensão das atividades do Curso em Artes Cênicas, o Bacharelado em Interpretação Teatral com licenciatura plena em Teatro. O projeto foi reconhecido pelo Ministério da Educação em dezembro de 1998.


Foi em 1998 que se efetivou a reimplantação da graduação em teatro, dessa vez como Curso de Artes Cênicas: Teatro Licenciatura, resultado de reuniões preliminares entre a Coordenação do Curso de Formação do Ator, o Departamento de Artes e a Pro-reitoria de Graduação. A partir de então, os dois cursos funcionaram com o mesmo corpo docente e o Colegiado de Teatro, passou a ser distinguido como Colegiado de Artes Cênicas: Teatro. Eles funcionaram de forma complementar e o corpo discente pôde cursá-los concomitantemente.


Em 2006 o Curso de Formação do Ator evoluiu, justificando o estabelecimento da Escola Técnica de Artes, que passou a ofertar cursos técnicos profissionalizantes nas áreas de Teatro, Música, Dança e Produção de Moda.

 

A partir de 2010 novos docentes foram efetivados, passando cada curso a contar com seu próprio corpo docente, colegiado e gestão. O trânsito docente por ambos os cursos é prática comum, embora não obrigatória.


A ETA é a maior instituição pública de formação artística de Alagoas, ofertando 141 vagas por ano, distribuídas em seus 12 cursos. Nossa expansão visa incluir novas linguagens artísticas como o audiovisual, a regência, as artes visuais, a direção teatral, a produção cultural, entre outras. Nossa escola é um espaço de troca criativa na formação de profissionais conscientes de que a arte é capaz de produzir belezas estéticas, mas também pode construir um mundo com mais justiça, dignidade e equidade.

 

Com seus campus localizado no Centro da cidade, a ETA faz parte de um corredor cultural margeado pelo mar da Avenida da Paz, um sítio histórico que contempla praças, museus, pinacoteca, teatro e o Espaço Cultural da UFAL.  Seu prédio principal possui 3 mil e 200 metros quadrados, uma construção da década de 1960, considerada uma das primeiras edificações públicas de arquitetura modernista de Alagoas - projeto da arquiteta e professora fundadora do curso de Arquitetura da UFAL, Zélia Maia Nobre. Nossa estrutura hoje abriga:

  • salas teóricas

  • laboratórios de

    • instrumentos musicais

    • audiovisual

    • expressão corporal

    • costura

    • modelagem

    • cenografia

    • figurino

    • vitrinismo

    • maquiagem

  • auditório e

  • anfiteatro (com projeto de requalificação em andamento).

Em suas três décadas, desde o curso de formação de ator até sua consolidação como Escola Técnica de Artes, a ETA vem formando profissionais e fomentando plateia, por meio da realização de espetáculos de teatro, dança, recitais de canto, concertos e eventos de moda, todos abertos ao público. Através dos eventos regulares e dezenas de projetos de extensão, nossa escola proporciona o acesso gratuito e democrático à comunidade. Nossas ações se propagam com abrangência territorial incomensurável, em palcos diversos, em diversos bairros pela cidade, com ênfase na periferia, chegando a municípios do interior do estado, e circulando por outras regiões em eventos de arte e cultura. 


Os egressos da ETA são profissionais atuantes em Alagoas, em estados brasileiros e em outros países. Grande parte dos grupos e coletivos artísticos alagoanos nas áreas dos cursos que ofertamos tem em sua formação egressos e/ou foram criados durante sua passagem pela escola.

Corpo discente

Corpo docente

Corpo técnico-administrativo

282

matrículas ativas

21

professores
e professoras

12

servidores
e servidoras

Cursos ofertados

  • Ensino técnico

    • Arte Dramática

    • Dança

    • Música

      • Canto (erudito e popular)

      • Instrumentos

        • Clarinete

        • Percussão

        • Piano

        • Saxofone

        • Viola

        • Violino​

        • Violoncelo

    • Produção de moda

Gestão

diretor.jpeg

David Farias Torres Chagas

Diretor

Licenciado (2005) em Artes Cênicas e especialista (2009) em Ensino da Arte: Teatro, pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e mestre (2014) em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professor da Escola Técnica de Artes, desde 2010, atua nas áreas de Interpretação, Improvisação, Performance, Produção Cultural e Montagem Cênica. 

vice-diretora.jpg

Valéria de Lima Nunes

Vice-diretora

Graduada (2008) em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Professora da Escola Técnica de Artes desde 2010, atua no segmento da dança, nas disciplinas de dança contemporânea. Tem experiência na área de Coreografia, principalmente com Corpo e Sociedade, Teatro de Autogestão e as Ações Performáticas do Corpo Contemporâneo.

Josealdo Tonholo

Reitor

Eliane Aparecida Holanda Cavalcanti

Vice-reitora

Destaques

Conheça o Laboratório de
videodança da ETA

O laboratório audiovisual da ETA surge da construção do cine clube: Caleidoscópio Clube de cinema. Deste primeiro momento surgiram outras ações em parceria com o SESC alagoas e a Galeria de arte 422. Estamos desenvolvendo o projeto Vivencias Animadas, uma residência artística com o cineasta Maurício Nunes onde ele realizará o filme Assepsia abrindo seu estúdio para nossos discente e a comunidade interessada. Dentro desta perspectiva, o laboratório de videodança da ETA faz com que os discentes da área de dança e teatro colaborem como interpretes criadores de obras audiovisuais.

Escola Técnica de Artes da Ufal produzem máscaras e aventais para doação

O ETA Solidária confecciona as máscaras de tecido e aventais cirúrgicos para contribuir no controle da pandemia do corona vírus. A partir de um grupo de alunos, professores e ex-alunos da ETA, são produzidos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e doados à  seis instituições alagoanas. Os beneficiados são lares de idosos, um abrigo para moradores de rua, dois postos de saúde e o Hospital Universitário.

Laboratório de Estudo e Pesquisa de Processos de Encenação

O LEPPE é um Laboratório de Estudos e Pesquisas de Processos de Encenação coordenado pela Profa. Dra. Carla Antonello (ETA/UFAL), tendo discentes e ex-discentes como Intérpretes/pesquisadores, que unem o pensamento intelectual a prática teatral.

Mais informações

Condetuf

Conselho Nacional de Dirigentes das  Escolas

Técnicas Vinculadas às Universidades Federais

+55 61 99677-4297