logo.png

A Escola de Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (ESUFRN) é a Unidade Acadêmica Especializada em Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), localizada no campus Central da instituição, na cidade de Natal (RN).

 

Criada em dezembro de 1955 como Escola de Auxiliares de Enfermagem de Natal (EAEN), vinculada à Sociedade de Assistência Hospitalar (SAH) e mantida inicialmente pela Fundação Sesp, nossas atividades começaram a ser desenvolvidas na Maternidade Escola Januário Cicco e no Hospital Universitário Onofre Lopes, tendo como diretora da instituição, a enfermeira Maria de Lourdes Lopes.

Em outubro de 1960, a Escola foi reconhecida pelo Governo Federal através do Decreto 49.120-A e, em janeiro de 1964, foi incorporada à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), conforme Resolução do Conselho Universitário (CONSUNI) 02/64.

Na década de 1970, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) 5.692/71 instituiu as habilitações de Técnico e Auxiliar de Enfermagem que, no Rio Grande do Norte, foram implantadas, inicialmente, em escolas da rede estadual, expandindo-se posteriormente para a rede privada, sendo desenvolvidas através de convênios com a Escola de Auxiliares de Enfermagem de Natal.

No ano de 1973, foi criado o curso de graduação em Enfermagem da UFRN que passou a ser ofertado com infraestrutura e pessoal da Escola de Auxiliares de Enfermagem de Natal que, apesar das dificuldades para dar conta de todas as atividades, continuou ofertando cursos de auxiliares de enfermagem, uma vez que esta era a única escola pública que atendia à demanda aberta na capital potiguar.

Em 1996, a Escola de Auxiliares de Enfermagem de Natal filiou-se ao Conselho Nacional de Dirigentes das Escolas Técnicas Vinculadas às Universidades Federais (CONDETUF), órgão permanente de coordenação das Escolas. Em setembro de 1997, a Escola foi reestruturada, conforme Resolução nº 057/97 do Conselho Administrativo (CONSAD) da UFRN, o que lhe assegurou autonomia financeira e pedagógica, bem como impulsionou a reorganização didática e administrativa.

 

A LDB 9.394/96 resultou em profundas mudanças no ensino profissionalizante e, em 1999, seguindo mais uma resolução do CONSAD/UFRN, a Escola passou a denominar-se Escola de Enfermagem de Natal (EEN). Tais alterações resultaram na atualização do Projeto Político Pedagógico, possibilitando a elaboração da proposta pedagógica do Curso Técnico em Enfermagem, reconhecido através da Portaria nº 219 de 11/12/2003, publicada no Diário Oficial da União em 17/11/2003.

A partir de abril de 2004, a Escola passou a desenvolver suas atividades dentro do Complexo de Enfermagem no campus universitário central. Expandindo sua atuação e ampliando a oferta de cursos nos três níveis de ensino: técnico, graduação e pós-graduação, fortalecendo e desenvolvendo seu Projeto Político Pedagógico, e traçando metas ampliadas e direcionadas à formação de pessoal da saúde e consolidação do SUS. Iniciou-se a construção da Proposta de Unidade Acadêmica Especializada em Educação Profissional em Saúde.

No dia de 22 de maio de 2015, através da Resolução nº 008/15 do Conselho Universitário (CONSUNI), a Escola tornou-se Unidade Acadêmica Especializada em Educação Profissional em Saúde, passando a denominar-se Escola de Saúde da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, a ESUFRN.

Para alcançar metas e objetivos, mantém inter-relação com setores organizados da sociedade civil, além de instituições de saúde pública ou privada, por meio de contratos e convênios que permitam:

  • o desenvolvimento da Educação Profissional em saúde;

  • a realização de programas e projetos de formação e educação permanente;

  • estudos, pesquisas e cooperação técnica. 

A ESUFRN atua destacadamente realizando ações de extensão e pesquisa nos campos da saúde, Educação Profissional e corporeidade, atendendo às políticas de Educação Profissional da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC) do Ministério da Educação.

Apta ao desenvolvimento do ensino teórico-prático primando pela qualidade, capacitação e qualificação permanente de seu corpo docente e técnico-administrativo, alicerçadas por uma concepção de gestão democrática embasada nos princípios da liberdade, participação, co-responsabilidade e tomada de decisões coletivas em relação às dimensões pedagógicas, administrativas e financeiras, a partir da socialização da missão institucional.

Quanto à sua infraestrutura, ESUFRN conta com salas de aula, laboratórios com equipamentos e material de apoio didático para a simulação e práticas de procedimentos técnicos, biblioteca, auditórios, salas para o desenvolvimento das atividades administrativas, serviço de reprografia, dentre outros espaços.

Nas suas seis décadas de história e práticas cotidianas, a ESUFRN reafirma o pioneirismo e compromisso em promover  a profissionalização cidadã dos educandos para atuarem nos diversos níveis de atenção à saúde, de forma integral e crítica, considerando os princípios éticos, técnicos, políticos e humanos, na  perspectiva de contribuir para a melhoria das condições de vida da população potiguar.

Corpo discente

Corpo docente

Corpo técnico-administrativo

3.704

matrículas ativas

41

professores
e professoras

10

servidores
e servidoras

Corpo-docente.png
Corpo-discente.png
CORPO-TÉCNICO.png

Cursos ofertados

  • Ensino técnico

    • Agente Comunitário em Saúde

    • Enfermagem

    • Massoterapia

    • Registros e Informações em Saúde

    • Vigilância em Saúde

  • Ensino superior

    • Tecnologia em Gestão Hospitalar

  • Pós-graduação

    • Mestrado Profissional em Práticas de Saúde e Educação​

Gestão

Diretora.jpg

Mércia Maria de Santi

Diretora

Graduada (1987) em Educação Física pela Universidade de Mogi das Cruzes, especialista em Fisiologia do Exercício (1992) pela Escola Paulista de Medicina e em Corpo e Cultura de Movimento (2005) pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), mestre (2010) e doutora (2014) também pela UFRN. Professora da Escola de Saúde desde 2010, atua principalmente com Práticas Integrativas em Saúde e Gestão Hospitalar.

Vice-diretora.jpg

Ana Flávia de Souza Timóteo

Vice-diretora

Graduada (2003) em Sistemas de Informação pela Universidade Potiguar (UnP), especialista em Educação Profissional Técnica de Nível Médio Integrado ao Ensino Médio na modalidade de Jovens e Adultos (2008) pelo IFRN, e mestre (2017) em Gestão da Informação e do Conhecimento pela UFRN. Professora da Escola de Saúde desde 2010, atua na área de Gestão da Informação em Saúde, Epidemiologia e Ciência da Computação.

José Daniel Diniz Melo

Reitor

 Henio Ferreira de Miranda

Vice-reitor

Destaques

Ajustes Condetuf (11).png
Assistência

ESUFRN desenvolve estratégias de inclusão e acessibilidade para a educação profissional em saúde

Diante do aumento do número de estudantes com deficiência na formação
profissional em saúde e conscientes da importância de promover inclusão e
acessibilidade na Universidade, a Escola de Saúde da UFRN vem transformando o
processo ensino-aprendizagem através de estratégias específicas. Conheça as
experiências adotadas pela ESUFRN neste vídeo apresentado pela diretora Mércia
Maria de Santi durante a 43ª edição anual da Reunião dos Dirigentes das
Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica (Reditec).

Ajustes Condetuf (9).png
ASCONLIFE

Iniciativa Júnior do Curso de Gestão Hospitalar da UFRN é
pioneira no segmento de EJs

A ASCONLIFE atua no planejamento, organização e gerenciamento dos processos
de trabalho em saúde, envolvendo as áreas de gestão de pessoas, gestão da
qualidade dos serviços de saúde, controle de recursos estratégicos, monitoramento,
avaliação, auditoria, gestão ambiental e saúde do trabalhador. A atuação dos
membros da empresa júnior ocorre em hospitais – e seus setores - clínicas e
unidades de saúde, laboratórios médicos e empresas prestadoras de serviço em
saúde, além de espaços de gestão de sistemas (órgãos).

Ajustes Condetuf (10).png
Pós-graduação

Mestrado Profissional em Práticas de Saúde forma trabalhadores da saúde no RN na modalidade stricto sensu

Primeiro Mestrado Profissional da Capes na área de Enfermagem e em perspectiva
multiprossional no Estado do Rio Grande do Norte, o Mestrado Profissional em
Práticas de Saúde e Educação (MPPSE) é vinculado ao Programa de Pós-
Graduação em Saúde e Sociedade (PPGSES) e foi criado e aprovado em 2017,
tendo iniciado suas atividades no período 2017.1. O MPPSE tem como objetivo
formar, em nível de mestrado profissional, na perspectiva integral e crítico-reflexiva,
os trabalhadores de saúde que atuam no cuidado individual e/ou coletivo da
população.

Mais informações

EMAIL.png
SITE.png
INSTAGRAM.png
YOUTUBE.png