MarcaTU_curvas.png
A origem do Teatro Universitário (TU) remonta à criação do Grupo de Teatro de Estudantes, que foi reconhecido pelo Conselho Universitário da UFMG em 09 de dezembro de 1947. E já em 1952, torna-se Teatro Universitário adquirindo um status e um perfil de escola dentro da universidade. Em 1957, o TU passa a ofertar regularmente um curso de extensão de formação de atores, e somente na década de 1990 que o curso é reconhecido como profissionalizante de ator em nível de 2° grau.
 
Em 2007, o TU altera seu vínculo institucional constituindo, junto com o Colégio Técnico e o Centro Pedagógico, a Escola de Educação Básica e Profissional da UFMG, desvinculando-se da Pró-Reitoria de Extensão.
 
Em  2009, o curso de teatro é reconhecido pela SETEC/MEC como de nível técnico. Nesse mesmo ano, são inauguradas as instalações do TU no Campus Pampulha da UFMG, com oito salas de aula/laboratórios que atendem à diversidade de demandas de ensino, pesquisa e extensão. Nossas salas possuem pisos de madeira, pés direito adequados para recursos de iluminação, barras de exercício nas paredes e espelhos. Vale destacar a sala Otávio Cardoso, que possui, inclusive, recursos para técnicas circenses; o espaço de cenotecnia - que guarda o acervo de figurino e os materiais de som e luz disponíveis na escola; a área lindeira ao edifício e outros espaços do Campus UFMG, que têm capacidade de uso didático para a prática das disciplinas. Além disso, a biblioteca do TU possui cerca de 5000 (cinco mil) volumes.

Dentre os projetos executados no âmbito da escola, destaca-se o Programa de Extensão: TU, Arte e Sociedade, no qual se inserem  os projetos:
  • Produção e Memória,
  • Teatro&Cidade,
  • Teatro no ar: um programa para rádio UFMG educativa, e
  • TU Convida.
 
Em conjunto, essas ações são responsáveis pela produção artística e científica e pela preservação e divulgação de diferentes perspectivas das artes cênicas. Além dessas iniciativas , a escola executa projetos em parcerias com outras escolas, como, por exemplo, a Trupe a Torto e a Direito, que integra o programa Pólos de Cidadania da Faculdade de Direito (UFMG), e o projeto Barracão, com a Escola de Arquitetura e de Belas Artes (UFMG).

Na história do Teatro Universitário, destacamos alguns artistas/professores importantes para o desenvolvimento da escola, como relata o decano da escola, professor Fernando Limoeiro:
“Pontes de Paula Lima: importante intelectual da época e tradutor dos primeiros livros de Stanislavski para o Brasil, sendo uma referência nacional do teatro; João Etienne Filho: poeta, dramaturgo e treinador da seleção oficial de basquete do Minas Tênis Clube, que também deixou sua marca de grande ator. Etienne também era mentor de Fernando Sabino, Otto Lara Resende, Hélio Pellegrino e Paulo Mendes Campos, conhecidos como "Os quatro cavaleiros de um íntimo apocalipse"; Otávio Cardoso: diretor artístico de vários teleteatros, que adaptou, durante anos, vários clássicos na TV ALTEROSA, tendo sido diretor do TU; e Haydée Bittencourt: que durante mais de 20 anos dirigiu o Teatro Universitário da UFMG. A importância dos ensinamentos da mestra Haydée são sempre apontados por Francisco Cuoco – um dos seus alunos mais amados”.

Com uma trajetória de quase sete décadas nas artes cênicas em Minas Gerais, o TU contribui para a preparação artística e profissional de várias gerações de atores do teatro brasileiro, que atuam no âmbito nacional e internacional, bem como para a formação de diversos grupos teatrais da cidade de Belo Horizonte. Além disso, a escola contribuiu, de forma decisiva, para a  criação do curso de graduação em Teatro da UFMG.

Corpo discente

Corpo docente

Corpo técnico-administrativo

62

matrículas ativas

8

professores
e professoras

5

servidores
e servidoras

Corpo-docente.png
Corpo-discente.png
CORPO-TÉCNICO.png

Cursos ofertados

  • Ensino técnico

    • Teatro

Gestão

Foto condetuf.jpg

Denise Pedron

Diretora

Licenciada (1995) em Letras, Literatura e Língua portuguesa, mestra (1999) em Estudos Literários e doutora (2006) em Literatura Comparada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Participou de diversas criações artísticas como performer, atriz, dramaturga e diretora. É professora do Teatro Universitário, onde ministra as disciplinas de História do Teatro, Literatura Dramática e História do Teatro Brasileiro.  Atua como pesquisadora de temas como: crítica teatral, processos criativos em performance, dramaturgia e  teatro contemporâneo.

Foto Rogério.png

Rogério Lopes

Vice-diretor

Professor do TU e do Programa de Pós-Graduação da Escola de Belas Artes da UFMG. Possui Doutorado Direto em Artes Cênicas (2011) pela UNICAMP. É ator formado pelo TU da UFMG (1995) e possui graduação em Ciências Sociais pela mesma instituição (2002). Coordena o Teatro&Cidade - Núcleo de Pesquisa Cênica do TU, dedicando-se a estudar a Máscara e o mascaramento nas artes da cena e na cultura popular e processos criativos em espaços públicos.

logo-ufmg.png

Sandra Regina Goulart Almeida

Reitora

Alessandro Fernandes Moreira

Vice-reitor

Destaques

Ajustes Condetuf (5).png
Mistura

Teatro, Produção
e Memória

 A plataforma MISTURA, do projeto Produção e Memória, tem como objetivo contribuir com a divulgação de pesquisas e de ações artísticas, por meio de  textos e produções audiovisuais, contribuindo com a ampliação da discussão e da reflexão sobre as artes cênicas e com os trabalhos de diferentes artistas da cidade.   

Captura%20de%20tela%20de%202020-11-25%20
Teatro&Cidade

Núcleo de Pesquisa Cênica

É formado por criadores que levam a sério as brincadeiras e o ato de brincar. Desde os jogos de crianças mais simples até as manifestações tradicionais da cultura popular mais elaboradas. Gostam de estar, observar e interagir com as pessoas e os locais que elas habitam sem forçar qualquer tipo de interação, principalmente aquelas centradas na divisão de palco e plateia.

Ajustes Condetuf (4).png
Teatro no Ar

Ouça e saiba mais sobre o fazer artístico

O projeto de extensão Teatro no Ar tem como objetivo a criação de programas radiofônicos a serem veiculados pela Rádio UFMG Educativa (104,5 fm) e busca levar aos ouvintes elementos acerca da arte e do fazer teatral. São realizadas entrevistas com grupos de teatro, artistas, pesquisadores e apresentação de produções artísticas, de forma convidar os ouvintes a refletirem sobre o teatro e sua relação com a cultura e com a sociedade. 

Mais informações

CONTATO.png
EMAIL.png
INSTAGRAM.png
LINKTREE.png