top of page

Saúde mental de mulheres negras em pauta na ESUFRN

UFRN promove eventos sobre saúde mental e lançamento de livro de professora da UFRJ sobre sofrimento e adoecimento psíquico de mulheres negras do país

A UFRN recebe na próxima quinta-feira, 01 de junho, a professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rachel Gouveia Passos, para participar de dois eventos sobre o tema da saúde mental. Durante a manhã, com início às 9h no Auditório do Instituto Ágora, o Departamento de Serviço Social, em parceria com o Departamento de Psicologia e a Escola de Saúde, realizam a Conferência "Luta Antimanicomial e Direitos Humanos: saúde mental das mulheres negras em questão", com a participação da professora Rachel Gouveia e da representante da 5ª Regional de educação do estado do RN, Ricarla Prissila de Lira Nascimento.


O objetivo é promover reflexão crítica sobre a saúde mental das mulheres negras no capitalismo contemporâneo e contribuir nas reflexões, na luta política, nos saberes e práticas em defesa da luta antimanicomial e no combate ao racismo. Na sequência, ocorrerá o lançado do livro da pesquisadora da UFRJ, "Na mira do fuzil: A saúde mental das mulheres negras em questão", da editora Hucitec.


Durante o período da tarde, a Comissão de Inclusão e Acessibilidade da Escola de Saúde (CPIA/ESUFRN) realizará o debate “Saúde mental e interseccionalidade: o processo formativo em pauta”, das 14h às 16h, no Auditório da Biblioteca Central Zila Mamede. O tema será discutido pela professora convidada, Rachel Gouveia Passos, cuja atuação acadêmica, profissional e política é direcionada aos temas da

  • Psicologia Social Crítica e Saúde Mental;

  • Formação Social Brasileira, Racismo e Processos de Subjetivação;

  • Relações de Gênero, Raça e Classe e o Sofrimento e Adoecimento Psicossocial;

  • Saúde Mental, Atenção Psicossocial e Luta Antimanicomial;

  • Feminismo Marxista Interseccional e Decolonial;

  • Teorias e Práticas de Cuidado e Serviço Social, Saúde Mental e Drogas.

A mediação será conduzida pela docente da ESUFRN, Jacileide Guimarães que destaca a importância do cuidado em liberdade e do debate sobre a interseccionalidade como ferramenta analítica para o processo formativo e a construção de políticas públicas de saúde mental antimanicomial. As inscrições no evento da CPIA/ESUFRN podem ser feitas no formulário https://forms.gle/z4rnpYR39DQuxEaH6 (link direto na nossa Bio).


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Conheça os projetos da EAgro

PROJETOS DE EXTENSÃO Ciências Agrárias Saúde e Segurança Alimentar (2021-2023) Orientação: Daniela Cavalcante dos Santos Campos Hortas como promoção de segurança alimentar e educação ambiental em Esco

Comments


bottom of page