ESUFRN promove evento nacional de Escolas Federais de Educação Profissional em Saúde

O evento, pioneiro no país, reunirá representantes de sete das doze instituições que ofertam Educação Básica, Técnica e Tecnológica (EBTT) no âmbito das instituições de ensino superior em todo o Brasil


A Escola de Saúde da UFRN (ESUFRN) sediará o 1º Encontro Nacional das Escolas de Educação Profissional em Saúde vinculadas às Universidades Federais, nos dias 09 e 10 de novembro de 2022. O objetivo é contribuir para o fortalecimento da Educação Profissional em Saúde Pública por meio do fomento, troca de experiências e vivências entre docentes e servidores técnico-administrativos das instituições que ofertam ensino especializado na área da saúde.

De acordo com a coordenadora do encontro, a diretora da ESUFRN, Mércia Maria de Santi, a reunião destes profissionais permitirá discutir os desafios e estratégias atuais na perspectiva da Saúde pública, gratuita, de qualidade e em defesa do SUS, observando-se as especificidades e realidades vivenciadas por cada uma das escolas participantes, contribuindo para o desenvolvimento global destas instituições. “Procuramos abordar temas que são pertinentes a todas as escolas que ofertam ensino na área da saúde e que demandam discussões aprofundadas para a manutenção da excelência do ensino ofertado pela rede, bem como conhecer as especificidades de cada escola, enxergando assim novas parcerias e possibilidades, fortalecendo e destacando a formação técnica de qualidade e gratuita ofertada pelas escolas vinculadas às universidades".

O evento está estruturado para ocorrer através de mesas temáticas conduzidas por especialistas convidados das seguintes instituições:

  • Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, do Ministério da Educação (SETEC/MEC);

  • Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da Fundação Oswaldo Cruz (EPSJV/ Fiocruz);

  • Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC);

  • Instituto Federal de Roraima (IFRR) e

  • Secretaria de Inclusão e Acessibilidade da UFRN (SIA/UFRN).

Haverá também rodas de discussão entre os participantes, de modo a propiciar a exposição sobre a realidade vivenciada em cada uma das escolas, no que diz respeito às temáticas exploradas nas referidas mesas temáticas.


Os temas estão divididos em três grandes blocos

O primeiro tratará sobre os desafios para a Saúde Mental no contexto da epidemia COVID-19 e suas repercussões na Educação Profissional em Saúde; o segundo bloco abordará a inclusão e a acessibilidade no contexto da Educação Profissional em Saúde; e o terceiro bloco discutirá as implicações para a formação profissional em saúde, ocasionadas pela nova configuração do Ensino Médio, que estrutura este nível de ensino em uma formação geral básica, seguida por itinerários formativos subdivididos em quatro áreas do conhecimento: Linguagens e suas Tecnologias, Matemática e suas Tecnologias, Ciências Humanas e Sociais Aplicadas e Ciências da Natureza e suas Tecnologias.


Além do novo Ensino Médio, também serão discutidas as repercussões de três estratégias que estão em implantação pelo Ministério da Educação: o Sistema ‘Re-saber’; o projeto ‘Verticaliza’ e o programa ‘Qualifica mais’. O primeiro tem por objetivo permitir o reconhecimento e a certificação de saberes e competências profissionais adquiridas fora do ambiente escola formal; o segundo visa proporcionar o aproveitamento dos estudos dos cursos técnicos de nível médio para os cursos superiores de tecnologia; e o terceiro pretende articular ações de apoio às redes e instituições de ensino para planejamento da oferta de cursos alinhada às demandas do setor produtivo.


“Este primeiro encontro é destinado aos docentes e servidores das Escolas de Educação Profissional em Saúde vinculadas às Universidades Federais, mas a intenção é que nas próximas edições possamos ampliar a participação do público para discentes das Escolas, com apresentações de trabalhos científicos, e também viabilizar a inserção de demais atores sociais interessados nas temáticas da Educação Básica, Técnica e Tecnológica”, finaliza a diretora Mércia de Santi.


O evento será gravado e posteriormente disponibilizado no canal do YouTube da Escola de Saúde da UFRN.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo