• Assessoria de Comunicação do Condetuf

Alunos da Escola Agrícola de Jundiaí fazem história na Olimpíada Brasileira de Robótica

Estudantes da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ-UFRN) se classificaram para a 2ª fase da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR)


Os discentes Jonas Ribeiro e Vitor Carvalho (1° ano); Caio Gabriel, Eduarda Rodrigues, Fellipe Eduardo, Francisco Lucas, Gabriel Sebastião, Maria Letícia, Matheus André, Miller Matheus e Rebeca Andrade (2° ano); e Juliana Freire, Letícia Maria, Mclincon Marcolino, Pedro Lucas e Rilary Mirela (3° ano), do Curso Técnico em Informática, foram classificados para essa nova fase, de Nível 05 (para alunos de nível médio e técnico), na Modalidade Teórica.


A Modalidade Teórica da OBR se divide em duas fases: a primeira é classificatória e aplicada na própria escola dos alunos pelo professor que os inscreveu. A organização da Olimpíada analisa o desempenho em nível nacional e determina um ponto de corte para definir os classificados para a segunda fase. Esta é aplicada em sedes regionais por representantes da própria Olimpíada. Após a realização dessa segunda fase, a organização define as notas de corte para as medalhas nacionais de ouro, prata e bronze. As fases buscam apresentar problemas de robótica associados com conteúdos do currículo escolar básico nas mais diversas áreas, como Matemática, Ciências da Natureza, Ciências Humanas e Sociais e Linguagens.


O professor Leonardo Teixeira, orientador dos estudantes, fala da importância de inseri-los na Olimpíada. "É bastante motivador para o professor observar os seus alunos estimulados a estudar novos conteúdos e buscar aplicação do que é visto em sala de aula ao longo do curso. A OBR, assim como outras olimpíadas científicas, promove a busca pelo conhecimento de uma maneira lúdica, potencializando a vocação dos alunos pela área", diz. E os classificados fizeram história: eles são o maior número de aprovados da EAJ-UFRN para essa fase da Olimpíada Brasileira de Robótica, com 16 estudantes ao todo. O professor e orientador comenta sobre a classificação e sobre as expectativas para a próxima prova. "É um motivo de orgulho. Em um ano tão atípico como foi 2020, por conta da pandemia, ver o interesse de um número relevante de alunos ir até a escola para realizar uma prova já foi considerado uma grande conquista. E observar mais de 60% destes se classificarem para a segunda fase mais ainda. Estou muito satisfeito com o desempenho de todos. Eles foram merecedores. Costumo falar para os alunos se 'divertirem' com a etapa conquistada. Estar na segunda fase já é um grande feito. Todos farão o melhor para, quem sabe, conquistarmos medalhas", finaliza.


Vitor Carvalho, um dos classificados, fala sobre a importância da Olimpíada e da experiência em participar pela primeira vez. "Para mim, a OBR é uma grande oportunidade para qualquer aluno que participe dela. Não apenas resumindo-se a uma competição, mas um evento onde nós, como alunos, podemos participar e ter uma experiência diferente da que temos em sala de aula", comenta. "Participar da OBR é uma oportunidade incrível, sendo para mim essa uma nova experiência, tendo em vista que não tive esta oportunidade em anos anteriores, o que proporciona a todos os participantes uma grande vivência que nos ajuda em nosso desempenho escolar", complementa.


A primeira fase foi aplicada presencialmente na EAJ no dia 11 de dezembro de 2020, seguindo o protocolo de biossegurança da UFRN no cenário da pandemia da COVID-19. Participaram 26 alunos, e os professores Adelino Avelino e Severino Gomes Neto auxiliaram na aplicação das provas. A EAJ-UFRN providenciou o transporte dos alunos que não tinham condição de ir de carro fazer a prova. Para a nova fase, também será organizada a logística de transporte. A segunda fase será aplicada no dia 22 de janeiro. O local ainda não foi definido pela organização. O resultado da segunda fase (saber quem conquistou medalha ou não) deve sair em fevereiro.

5 visualizações0 comentário

Condetuf

Conselho Nacional de Dirigentes das  Escolas

Técnicas Vinculadas às Universidades Federais

+55 61 99677-4297