3.500 vagas para cursos profissionalizantes nos colégios técnicos da UFPI

A Universidade Federal do Piauí conquistou o 9º lugar no ranking nacional da seleção realizada pelo Ministério da Educação (MEC) para o Programa de Apoio à oferta da Educação de Jovens e Adultos Integrada à Educação Profissional (Programa EJA Integrada–EPT)


Participaram da seleção instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica de todo o país e 27 delas foram selecionadas. O projeto, que atenderá jovens e adultos a partir de 18 anos que não concluíram as etapas de escolarização na idade escolar regular, tem a duração de 30 meses. A primeira turma terá início em agosto de 2022, a segunda em março de 2023 e a última em agosto de 2023. Serão ofertadas 3.500 vagas, distribuídas nos três Colégios Técnicos da UFPI: Teresina, Bom Jesus e Floriano, em cursos dos mais variados eixos como ambiente e saúde, recursos naturais, ciência, tecnologia, cidadania, sempre com ênfase na Aprendizagem ao Longo da Vida.

A Superintendente do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico da UFPI, Virgínia Muniz, explica que a previsão orçamentária do projeto aprovado é superior a R$ 11 milhões. O recurso para financiamento será custeado a partir da dotação orçamentária da Secretaria de Educação Básica do MEC e conforme disponibilidade orçamentária.

Virgínia Muniz explica sobre o programa que irá promover formação de jovens e adultos
“Ficamos em 9º lugar e esse é um excelente resultado para a nossa Instituição. Os Colégios Técnicos de Teresina e Floriano irão ofertar cursos FIC, que são cursos de formação continuada, com carga horária que varia de 180 a 400 horas, como o curso de Agricultor Familiar, Horticultor Orgânico e Piscicultor. Já o Colégio Técnico de Bom Jesus irá ofertar cursos técnicos, porque possui uma demanda maior”, detalha.

A Superintendente destaca que a matriz financeira da educação básica será responsabilidade das prefeituras parceiras, que irão ofertar a educação do ensino fundamental, enquanto os Colégios Técnicos irão atuar com a oferta de cursos FIC (Teresina e Floriano) e cursos técnicos (Bom Jesus).


“A UFPI, junto com as prefeituras dos municípios que participarão do projeto, promoverá a capacitação técnica dos jovens e adultos que estão fora do ambiente escolar há muito tempo, para que eles possam entrar mais rapidamente no mercado de trabalho. A contribuição da Universidade é exatamente essa, oportunizar que esses estudantes possam voltar ao ambiente escolar e adquirir uma capacitação técnica, pois nós temos qualificação profissional para isso”, afirma.


Para Muniz, essa é mais uma oportunidade de crescimento da UFPI como instituição de referência no ensino Básico, Técnico e Tecnológico. “80% do nosso corpo docente é formado por doutores e mestres, então essa parceria da Universidade com as prefeituras municipais traz uma visibilidade muito grande para a Instituição, que já é uma referência no que diz respeito ao ensino de graduação e pós-graduação, e agora também como uma instituição de referência no ensino Básico, Técnico e Tecnológico. Nossos Colégios oferecem cursos técnicos de excelente qualidade e em breve também ofertaremos dois cursos superiores tecnólogos, nas áreas de sistemas para a internet e de agroecologia”, avalia.


Confira os cursos ofertados por cada Colégio Técnico e os municípios parceiros

Colégio Técnico de Bom Jesus: atuação nos eixos Ambiente e Saúde, Gestão e Negócios, Informação e Comunicação e Recursos Naturais.

  • Cursos FIC de Agente de Combate às Endemias, Agricultor Familiar, Auxiliar Administrativo, Avicultor, Cuidador Infantil, Eletricista de Rede de distribuição de Energia Elétrica, Forragicultura, Higienista de Serviço de saúde, Horticultor Orgânico, Montador e Reparador de Computador, Operador de Computador, Operador de Máquinas e Implementos Agrícolas, Ovinocultor e Suinocultor e os Cursos Técnicos em Enfermagem, Informática, Meio, Ambiente e Zootecnia.

  • Municípios: Alvorada do Gurguéia, Bom Jesus, Colônia do Gurguéia, Cristino Castro, Curimatá, Currais, Manoel Emídio, Redenção do Gurguéia e Santa Luz.


Colégio Técnico de Floriano: atuação nos eixos de Recursos Naturais, Ambiente e Saúde e Informação e Comunicação, desenvolvendo a formação dos cursistas nos setores produtivos da Agricultura e Pecuária, Prevenção e Cuidado à Saúde, bem como da Informática.

  • Município de Floriano (em parceria com a Secretaria de Educação do Município de Floriano) - Horticultor Orgânico, Agricultor Familiar, Apicultor, Produtor Agropecuário, Agente de Combate às Endemias, Cuidador de Idosos, Cuidador Infantil, Higienista de Serviço de Saúde e Operador de Computador.

  • Município de Nazaré do Piauí (em parceria com a Secretaria de Educação de Nazaré do Piauí) - Agricultor Familiar e Produtor Agropecuário.


Colégio Técnico de Teresina: atuação nos eixos de Recursos Naturais, Informação e Comunicação, desenvolvendo a formação dos cursistas nos setores produtivos da Agricultura, Pecuária e de Informática, ofertando os seguintes cursos:

  • Município de Demerval Lobão (em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de Demerval Lobão) - Horticultor Orgânico, Agricultor Orgânico, Agricultor Familiar, Piscicultor, Operador de Processamento de Frutas e Hortaliças e Operador de Computador.

  • Município de José de Freitas (em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de José de Freitas) - Operador do Sistema de Irrigação e Horticultor Orgânico.

  • Município de Teresina (em parceria com a Secretaria de Educação de Teresina) - Cuidador de Idoso, Auxiliar de Saúde Bucal, Produtor de Frutas e Hortaliças Processadas, Operador de Sistema de Irrigação e Criador de Peixes em Tanque Escavado.

  • Município de União (em parceria com Secretaria de Educação de União) - Horticultor Orgânico, Agricultor Familiar, Criador de Peixes em Tanque Escavado, Agricultor Polivalente, Produtor de Frutas e Hortaliças Processadas e Agente Comunitário de Saúde.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo